Archive for the 'Web innovation' Category

iFishu: Caiu na rede, é peixe

Mais uma rede social, ainda tateando mas que de cara já agrada aos olhos é o iFISHU.com (“eu te pesco”).

A idéia aqui é integrar web e mobiles phones, sendo esses últimos a ferramenta principal de interação.

Funciona assim: você entra no site (ou é convidado a entrar), cadastra seu celular, recebe o código via sms, acessa e começa a pescar. Cada peixe no seu “oceano” (quem sabe até azul 🙂 é uma pessoa que você “iscou” e agora faz parte da sua rede social debaixo dá’gua. Lá você escolhe seu “fishname” e sai em busca de novas barbatanas, quase um procurando Nemo.

ifishu

O pulo do gato está no fato do motivo da temática: o uso da rede on line para colher doações à ONGs focadas na preservação dos oceanos, como o Projeto Tamar e WWF. E você nem vai sentir que está doando: Cada novo peixe no seu áquario virtual é um ticket que vc ganha. A cada semana você ganha 100 moedas e ao término de um mês, 500, que poderão ser trocadas por SMS e futuramente (o que é o objetivo do serviço), doadas às ONGs.

Depois, em uma segunda fase, vc vai poder utilizar os créditos para “incrementar” seu oceano, “atraindo” assim mais peixes, repassando a renda virtual para as instituições.

E o melhor: é tudo de graça.

O site ainda está na versão Alpha, mas já rendeu algumas inovações. Uma parceria foi feita com a WWF, para que, a cada 10 mil dólares em doações – a renda virtual convertida em real money – uma tartaruga será monitorada por satélite. O uso dos celulares é, sem dúvida, o fato que talvez dê mais impulso para a proposta.

Não sei onde vai levar, não sei o que vai dar. Sei que assim como o oceano, as possibilidades das redes sociais são enormes e ainda não sabemos o que podemos encontrar quando jogarmos nossa “isca” on line.

Entra lá, confira. Meu oceano é esse aqui.

(via Ingrid Freitas, no Alow)

Era uma vez, em um link muito, muito clicado…

Novo post no Clube de Criação Web:

snowwith

Como criar um criativo?

imagem1

Peguei uma pá de conteúdo aprendido nessa vida, lendo e fazendo, e postei minhas dicas sobre criatividade, lá no Clube de Criação Web.

Não conhece ainda? Clica aqui pra ir pra lá.

RT: @twitter twittando promoções

Bem-vindos a twitterlândia, terra das promoções!

Não é novidade. Oportunidades pipocam no twitter. Tanto que andei meio neurótico esses tempos anexando tudo que era empresa que aparecia por lá (criteriosamente, é claro).

Então comecei a pensar em algo que o twitter permite às empresas, que nenhuma atendente robotizada de telemarketing conseguiu até hoje: agregar personalidade.

Quando você segue a Dell, a Época, Everynote ou Ruby Brasil, por exemplo, no twitter, você não está, pelo menos não ainda, seguindo algo programado para te atender. A febre do passarinho piador foi tão rápida que não deu tempo. Provavelmente representantes da geração Y que estavam lá vendo tudo acontecer encheram o saco de seus chefes para abrir uma conta no twitter. Pelo menos essa é a minha hipótese.

Espero, realmente espero de verdade, que as empresas vejam a possibilidade de um contato mais personalizado, humano mesmo, embora virtualmente, com o usuário e aproveite o twitter da forma certa. Seja lá qual essa for.

O que rolou de legal esssa semana, ligado ao twitter:

Anúncio da Dell: estratégia esperta que une a mídia impressa com o twitter, a empresa que nos últimos 18 meses faturou mais de U$$ 1 milhão com alertas de promoções via Twitter bolou um anúncio que pipocou legal no, bem, twitter essa semana. Além disso e promoções seguidas pela empresa na twitterland. Eu quase comprei um notebook ontem. (vi@mrodrigoClube de Criação Web).

dell_twitter2

Curiosidade: essa foto da Juliana Sardinha foi a primeira a rolar na twittersfera e ser usada nos blogs.

Ruby Brasil: Ruby é uma linguagem de programação. A Ruby Brasil, site sobre Ruby, Rails e derivados, entrou de sola no twitter com uma promoção bacana: você segue eles no twitter @rubybrasil, responde a pergunta “Por que você merece ganhar o livro sobre Rails do Urubatan?” e concorre ao livro do Rodrigo Urubatan, sobre Ruby e Rail.

livro

Eu não sou programador e me amarrei. Essa ação incita a interação mais dinâmica no twitter com uma ação pra lá de batida. O legal é seus followers lendo várias frases criadas por você, sentindo vontade de participar a partir daí. Interessante, é quase uma comunicação geométrica, progressivamente aumentada pela curiosidade alheia.

Everynote: agora o softaware imbatível para notas on-line está integrado ao twitter. Para mim e os trocentos usuários que não largam mais o aplicativo, é uma notícia excelente. Mais uma mídia social com conteúdo para agregar as notas on-line. Genial. Produtivo. Inovador. Enfim. Esse novo mundo me encanta.

01

E por aí vai. Tudo isso são exemplos do que em Marketing chamamos de estratégia para novos usos do produto. Você pega ações que já existem, muda o contexto e o apelo, posiciona de acordo com aquele universo em questão e voi-lá! Novos resultados, novos usuários, inovação de processos.

Entrem no twitter, comecem a seguir gente e empresas interessantes que muita coisa legal deve vir, tão rápido quanto rápida está a internet.