Neossinapses, velhos problemas*

backin

A verdade, a grande verdade, é que mudam as gerações, abordagens mas velhos problemas permanecem. A vontade de ter um sony walkman é a mesma de ter um iPod. O anseio pelo Atari rivaliza-se a febre pelos PS’s. Velhas necessidades, novos desejos. Novas sinapses para velhos problemas.

Essa é a natureza humana e inovação nesse caso é descobrir as pecularidades das manifestações, diante de novos contextos. Novos usos para velhos apetrechos. Novas abordagens sobre o mesmo tema.

Não vejo que haja algo inteiramente e totalmente novo. Percebo que existem sim novos olhares sobre muitas coisas. Novos olhares criam novas tendências, formas de interagir, ler, apresentar como ninguém havia pensado antes. Isso sim é totalmente novo. Isso torna o ordinário, extraordinário.

A gente inova a milênios. A natureza inova a milênios. O conceito se tornou popular em menos de uma década. Redescobrimos a inovação. A mesma que fez o Galileu criar a luneta, o homem usar o fogo e a roda, os agricultores plantarem feijão e criar a ferradura, a apple levar o computador para a mesa da sua casa.

Mas agora  todo mundo está lá, buscando, mergulhando no assunto. As empresas criaram diretores de inovação. E o salário é alto. O atributo natural, de desconstruir para criar novas idéias, foi, bem, inovado.

Fiquei pensando nisso tudo quando o nosso mascote desenhista, o Vincent “tininho”, veio apresentar uma música “fodástica” e me mostrou Sultans of Swing do Dire Straits.

Daí lembrei de uma sequência: eu ouvindo isso em vinil na década de 80, eu montando uma banda, eu e a galera tocando vários do Dire Straits, Led e afins em festas e etcs., eu comprando o CD “melhores músicas” do Dire Straits, eu baixando as músicas em MP3 para o Winamp, eu Blipando Dire Straits e eu blogando esse post. Ou postando nesse blog. Enfim. Ufa.

Mas eu acho que daqui a pouco vai cansar, enjoar, esse papo todo de inovação. E quando o assunto começar a ficar menos alarmado, aí sim, inovar será preciso, novamente.

*Título by @andresinkos do prontosurtei e @vincentNH valeu a ilustração 😉

Anúncios

1 Response to “Neossinapses, velhos problemas*”


  1. 1 sinkos 16 de abril de 2009 às 18:55

    A inovação verdadeira surge para resolver um problema! O interessante é observar que a inovação não é um fim, mas sim um processo eterno. It’s evolution baby! haha


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: