Tantos usos quanto cores na paleta

Uma das coisas mais legais em inovação  é quando empresas avançam além do aperfeiçoamento de produtos ou serviços: se lançam em novos usos, ganhando mercado e agregando valor à marca.

Novos usos é uma inovação tanto de produtos quanto de processos, quebrando paradigmas dentro do modus operandi tradicional da empresa. Mas é preciso ousadia. E uma bela visão de negócios e futuro.

Ver o que todo mundo viu e pensar o que ninguém pensou é um exercício diário de associação de idéias, repensando o que existe em novas formas de apresentação. Isso é o fascinante na manifestação humana, essa capacidade de juntar coisas diferentes em um novo contexto.

No Marketing, os exemplos são vários. Dois que me chamaram atenção nos últimos cliques.

Pantone.

Pantone sempre foi sinônimo de gráfica, escala de cores, design e fechamento de arquivos.

Esse era o ambiente da marca, onde ela vivia e ganhava mercado. Mas o mercado mudou.  Alguém lá dentro deve ter pensado “vamos associar a marca a outros produtos” e lançaram primeiro uma parceria com a Gap (roupas) e a Nespresso (xícaras) e depois bolsas.

pantone21

mimosa-and-store

pantone11

É uma surpresa ver no mercado novos usos para uma marca já tão consolidada. Com certeza publicitários, designers e afins serão usuários mais felizes da pantone.

Outro exemplo é o Prêmio Suvinil de Inovação. A empresa de tintas que vem se reinventando nos últimos anos (um exemplo legal é o site, totalmente interativo) criou um concurso cultural, artístico e científico,  para estimular a criatividade nos estudantes em projetos que “gerem tendências, livres de preconceitos, detectando novos talentos e propiciando oportunidades, inclusive, de implantação de tais projetos pela própria BASF S/A.”

suvinil

Ou seja, além de novos usuários em potencial, a empresa de tintas quebra o paradigma atual (e chato) de apenas vender tintas, se posicionando além do varejo. É sutil, mas está lá. Associar a marca a projetos e tendências é uma grande jogada.  Pintar com Suvinil passa a ser uma outra experiência de consumo.

O prêmio se divide em três categorias: Categoria Processos, Categoria Eco e Categoria Decoração. Vale conferir.

Agora, não foi a toa escolhi duas empresas ligadas a cores:

Pantone e Suvinil! quem sabe vocês não fazem uma parceria e laçam uma linha de tinta para ambientes ou algo assim? E depois visitem nossa agência, no link aí do lado 😉

(infos Pantone via: bulletupdateordie e W2products)

Anúncios

1 Response to “Tantos usos quanto cores na paleta”


  1. 1 sinkos 16 de abril de 2009 às 2:08

    A Suvinil ainda está dando os primeiros passos, está com mentalidade 1.5, ousando pouco mas tentando sair do modo “vendedores de tinta”. Entretando, a Pantone está conseguindo se reinventar, dando novas possibilidades a marca e sem medo de perder a antiga identidade. É um ótimo case de empresa que está conseguindo sair do produto de massa para o long tail.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: