Inovações por minuto

Um dos mais recentes posts do Fabio Seixas é a transcrição em txt de seu discurso sobre inovação feito no Intercom 2008.

Inovação é o mote do Neossinapses, por isso eu não ia deixar passar batido e resolvi escrever esse post apenas para fazer valer e comentar o excelente texto (e idéias) do Fabio.

Existe muita dúvida sobre o que é inovação, apesar de ser um conceito hoje mais associado com idéias, produtos e tecnologia, é bem antigo e uma das molas propulsoras da evolução humana. Em todas as fontes consultadas, a palavra vem do latin innovatio (algo criado novo) e tem relação com idéias, método ou algo criado pouco parecido com padrões anteriores. O conceito chave é a renovação de fato.

E isso é algo bem sério. Porque se hoje temos essa abundância de possibilidades de inovar, é porque muita gente deu (literalemente) seu sangue por isso, ao longo da história. Valorizar essa conquista é preciso.

E talvez aí esteja o fascínio pelo léxico Inovação: já se falou muito (e recentemente) em reconstrução, houveram os tempos em que descobrimos a criatividade, as revoluções por minuto, a contracultura, revolução francesa, iluminismo, Grécia antiga, China milenar. Períodos cheios de inovação. Mas nunca um tempo como hoje em dia, nos quais a liberdade para inovar é garantida, é direito e fato. E isso apesar de toda essa programação mental, política e social a qual estamos sujeitos, nunca inovou-se tanto em tão pouco tempo.

Em uma época em que as idéias estão realmente mais valorizadas enquanto atributo humano, esse conceito virou adendo de toda empresa que anseia crescer, toda criatura humana que almeja sucesso.

Giambattista Vico, filósofo Humanista (e Iluminista), falou “Só conhecemos verdadeiramente aquilo que fazemos ou realizamos”, e é sobre isso que o texto do blog do Fabio fala.

Quando Fabio adota como definição de inovação a “implementação lucrativa de idéias”, o que a princípio parece uma idéia apenas de lucro, mercado e ganho a ganho, tem em essência o princípio que me fascina e fez esse blog existir: a capacidade de colocar em prática uma idéia criativa, sua materialização, gerando com isso uma repercussão positiva – que pode ser o lucro, mas pode ser também mais um avanço, contribuindo para a evolução da humanidade. Como foi a roda, a abolição da escravatura (persistente até hoje), a confirmação de que a terra não é o centro do universo (e é quase redonda), a imprensa ou a invenção dos smarts phones.

Não vou chover no molhado, o texto do Fabio já disse todo o resto. Destaco apenas a passagem que mais me chamou a atenção:

” Mas porque inovar é importante? Porque inovar é a oportunidade de criar mercados, reduzir custos, induzir o crescimento e evitar a estagnação. Em última instância, inovações nos fazem mais feliz, fazem a humanidade evoluir. Pense na roda ou na escrita. Inovações que melhoraram nossas vidas.”

E porque essa atenção especial ao texto do Seixas? Pq além de ser um blog que admiro, leio e recomendo, é o texto que me fez querer voltar a postar. Tem muita coisa nova-antiga e nova-atual para falar a respeito (a roda é o símbolo desse blog desde o início), e isso não me deixa esquecer o que os inovadores antes de nós fizeram por nós, e a responsabilidade que a gente tem de trazer alguma inovação pro mundo.

Nem que seja apenas um post em um blog.

Anúncios

0 Responses to “Inovações por minuto”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: